Fenol - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Fenol


  Bioquímica

O composto conhecido como fenol Ú apenas um dos compostos da funþÒo orgÔnica dos fen¾is, que participam de numerosas reaþ§es analÝticas e de sÝntese, como os cres¾is e a hidroquinona.

Chamam-se fen¾is todas as substÔncias orgÔnicas que contÛm um radical hidroxila (HO-) ligado diretamente a um anel aromßtico, isto Ú, a um n·cleo benzÛnico. Os fen¾is apresentam isomeria de posiþÒo funcional e tautomeria. Podem ser classificados como monofen¾is, difen¾is, trifenois ou polifen¾is, conforme se componham de um, dois, trÛs ou mais grupamentos de hidroxila em sua estrutura.

Os difen¾is mais importantes sÒo agentes reveladores fotogrßficos, como o catecol (ou 1,2 di-hidroxi-benzeno), o resorcinol (ou 1,3 di-hidroxi-benzeno) e a hidroquinona (ou 1,4 di-hidroxi-benzeno). Entre os trifen¾is sobressaem o pirogalol ou ßcido pirogßlico, o floroglucinol e as hidroxi-hidroquinonas. Esses compostos reagem com o hidr¾xido de s¾dio produzindo fen¾xidos, e com os aldeÝdos oferecem reaþ§es de condensaþÒo que constituem a base do preparo industrial de plßsticos como as baquelitas.

A denominaþÒo fenol, no entanto, atribui-se mais comumente ao ßcido fÛnico ou carb¾lico, de f¾rmula C6H5OH, anti-sÚptico empregado na preparaþÒo de medicamentos, que pode apresentar efeito t¾xico se ingerido ou aplicado em grandes quantidades. De odor caracterÝstico e penetrante, o fenol se obtÚm industrialmente a partir da destilaþÒo do alcatrÒo de hulha ou da fusÒo alcalina de ßcido benzeno-sulf¶nico.


Veja também: