Ernest Hemingway - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Ernest Hemingway


  Biografias
A grande criação de Hemingway, paralela a sua obra literária, foi o personagem vivo em que ele próprio se transformou. Herói rude, soldado, caçador e amante impetuoso, autobiografou-se durante toda a vida e a ela pôs fim quando, velho e doente, o homem não mais pôde corresponder à lenda.
Ernest Miller Hemingway nasceu em Oak Park, perto de Chicago, nos Estados Unidos, em 21 de julho de 1899. Num ato de rebeldia contra o convencionalismo que o cercava, decidiu não freqüentar a universidade e tornou-se jornalista, profissão que nunca abandonaria. Participou como motorista de ambulância da primeira guerra mundial e foi gravemente ferido. Depois de recuperar-se, casou-se e foi para Paris como correspondente do jornal Toronto Star. Lá relacionou-se com outros escritores americanos como Scott Fitzgerald, Gertrude Stein e Ezra Pound.
Em 1925 foi publicada em Nova York sua coletânea de contos In Our Time (Em nosso tempo) e, no ano seguinte, o romance The Sun Also Rises (O Sol também se levanta), que narra as andanças de um grupo de americanos pela França e a Espanha. Nessa obra, que lhe deu fama, cunhou a expressão "geração perdida", com a qual designou desde então os inquietos intelectuais americanos das décadas de 1920 e 1930. O romance já mostra duas constantes da narrativa de Hemingway: seu estilo enxuto, ágil, preciso e, ao mesmo tempo, lírico, com muitos diálogos, curtos e incisivos, e sua concepção da vida como um risco contínuo, aventura à qual é preciso entregar-se intensamente e adquirir assim a coragem necessária para fazer frente à morte.

Veja também: