Erich von Stroheim - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Erich von Stroheim


  Biografias

Em curta e desafortunada carreira de diretor, o também ator Erich von Stroheim conferiu aos filmes mudos um realismo inusitado para a época e deu importante contribuição para a posterior evolução da arte cinematográfica.
Erich Oswald Stroheim nasceu em Viena, Áustria, em 22 de setembro de 1885. Educado na academia militar, foi oficial do Exército, jornalista, ferroviário, barqueiro, vendedor de livros e dramaturgo antes de chegar aos Estados Unidos, em 1914. Começou no cinema como ator e assistente do diretor David Griffith em alguns filmes famosos, como The Birth of a Nation (1915; O nascimento de uma nação) e Intolerance (1916). Fez muito sucesso como ator de cinema desempenhando papéis de oficiais antipáticos.
Seu primeiro filme como diretor foi Blind Husbands (1919; Maridos cegos), cujo roteiro escreveu e no qual atuou como protagonista. O filme insinuava que a mulher tinha o direito de procurar amor fora de um casamento infeliz. The Devil"s Passkey (1920; A chave do diabo) e Foolish Wives (1922; Esposas ingênuas) aumentaram sua fama como diretor. Em todas essas obras foi forçado a fazer cortes extensos e entrou em choque com os produtores, pelo hábito que tinha de ultrapassar os orçamentos e o tempo estipulado para as produções.
A obra-prima de Stroheim foi Greed (1924; Ouro e maldição), adaptado do romance McTeague, do americano Frank Norris. O filme fazia não só o estudo psicológico de um processo de degradação moral, mas também uma amarga exposição do materialismo moderno. O filme se mantém como um dos clássicos do cinema mudo, por seu detalhismo naturalista e pelo inovador ritmo narrativo.
A insistência de Stroheim em recusar limitações artísticas ou econômicas em suas produções e o tratamento sofisticado que dava a alguns temas polêmicos liquidaram sua carreira de diretor, apesar do relativo sucesso de The Merry Widow (1925; A viúva alegre), The Wedding March (1928; Marcha nupcial) e Queen Kelly (1928; A rainha Kelly), filmes que sofreram muitos cortes por exigência dos produtores. Stroheim retornou à Europa e, a partir de 1932, passou a trabalhar apenas como ator.
Atuou então em filmes europeus e americanos, nos quais pôde criar não só papéis de militares autoritários, mas outros tipos de extraordinário humanismo como em La Grande Illusion (1937; A grande ilusão), obra-prima de Jean Renoir, e Sunset Boulevard (1950; Crepúsculo dos deuses), de Billy Wilder. Erich von Stroheim morreu em Maurepas, perto de Paris, em 12 de maio de 1957.


Veja também: