Epífitas: as plantas aéreas - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Epífitas: as plantas aéreas


  Botânica

Epífita, também chamada de planta do ar, qualquer planta que cresce sobre outra planta ou objeto meramente para suporte físico.

 As epífitas não têm ligação com o solo ou outra fonte óbvia de nutrientes e não são parasitas nas plantas de suporte.

 A maioria das epífitas é encontrada em áreas tropicais úmidas, onde sua capacidade de crescer acima do nível do solo fornece acesso à luz solar em densas florestas sombreadas e explora os nutrientes disponíveis nas folhas e outros detritos orgânicos que se acumulam no alto da copa das árvores.

A maioria das plantas epífitas são angiospermas (plantas com flores); elas incluem muitas espécies de orquídeas, tilandsias e outros membros da família do abacaxi (Bromeliaceae). Musgos, samambaias e hepáticas também são epífitas comuns e são encontrados em regiões tropicais e temperadas.

Embora as epífitas sejam incomuns em ambientes áridos, o musgo bola (Tillandsia recurvata) é uma exceção notável e pode ser encontrado nos desertos costeiros do México, onde recebe umidade da névoa marinha.

As epífitas obtêm água da chuva e do vapor d`água do ar; a maioria absorve água com as raízes, embora muitas tenham folhas especializadas que também absorvem umidade.

 Embora alguns minerais sejam obtidos diretamente da chuva, os nutrientes geralmente são absorvidos dos detritos que se acumulam nas plantas de suporte.

 Devido aos seus requisitos estreitos de habitat, muitas epífitas dependem do vento para a dispersão das sementes e têm sementes emplumadas ou semelhantes a poeira.

A dispersão animal também é comum, e várias espécies têm frutos comestíveis com sementes que são dispersadas por pássaros e outros animais que vivem em árvores.



Veja também:




Copyright © 1999 - 2021 - Development by Dolci Tecnologia. Todos os direitos reservados