Epiderme - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Epiderme


  Histologia


A epiderme Ú uma das trÛs porþ§es epiteliais que recobre a superfÝcie do corpo, sendo a que estß localizada externamente. ╔ diferenciada em pele fina e pele espessa, dependendo de sua espessura. A pele espessa Ú encontrada na palma das mÒos e na planta dos pÚs; a pele fina protege todo o resto do corpo.

Seu epitÚlio Ú do tipo estratificado pavimentoso queratinizado, sendo que as cÚlulas mais abundantes nesta regiÒo sÒo os queratin¾citos. Outros trÛs tipos celulares tambÚm sÒo ali observados:

  • Melan¾citos: originßrias das cristas neurais do embriÒo, invadindo a pele entre a 12░ e a 14░ semanas de vida intra-uterina. SÒo produtoras do pigmento melanina;
  • CÚlulas de Langerhans;
  • CÚlulas de Merkel;

Nas regi§es mais espessas (pele espessa), a epiderme atinge espessura de atÚ 1,5 mm e apresenta cinco camadas, da derme para fora:


Camada basal

Formada por cÚlulas prismßticas ou cub¾ides, bas¾filas, encontradas sobre a membrana basal que separa a epiderme da derme (porþÒo epitelial intermedißria).

Esta camada, por ser rica em cÚlulas-tronco, tambÚm recebe o nome de germinativa. Apresenta intensa atividade de mitose, sendo responsßvel, juntamente com a camada seguinte (camada espinhosa), pela contÝnua renovaþÒo da epiderme. Estima-se que a epiderme dos humanos se renove a cada 15 a 30 dias, dependendo do local e idade da pessoa. As cÚlulas desta camada possuem filamentos intermedißrios de queratina, que se tornam mais numerosos ao passo que a cÚlula avanþa em direþÒo Ó superfÝcie.


Camada espinhosa

Composta por cÚlulas cub¾ides, ou levemente achatadas, com n·cleo localizado centralmente, citoplasma com expans§es citoplasmßticas se aproximam e se mantÛm unidas com as cÚlulas ao redor atravÚs dos desmossomos, dando Ós cÚlulas um aspecto espinhoso. Existe tambÚm tonofilamentos que se inserem nos espessamentos citoplasmßticos dos desmossomos. Tanto o filamento de queratina quanto os desmossosomos desempenham importante papel na manutenþÒo da coesÒo entre as cÚlulas da epiderme e na resistÛncia ao atrito. Nesta camada tambÚm estÒo presentes cÚlulas tronco dos queratin¾citos, sendo que as mitoses ocorrem na camada basal e, em menor quantidade, na camada espinhosa.


Camada granulosa

Possui apenas 3-5 fileiras de cÚlulas poligonais achatadas, n·cleo central e citoplasma carregado de grÔnulos bas¾filos, conhecidos como grÔnulos queratino-hialina. Estes contÛm uma proteÝna rica em histidina fosforilada e tambÚm proteÝnas contendo cistina. AtravÚs da microscopia eletr¶nica, podem ser visualizados os grÔnulos lamelares, que se fundem com a camada granulosa, onde hß a deposiþÒo de um material lipÝdico, contribuindo para a formaþÒo de uma barreira contra a penetraþÒo de substÔncias e torna a pele impermeßvel Ó ßgua, impedindo a desidrataþÒo do organismo.


Camada l·cida

Esta camada Ú mais evidente na pele espessa e Ú formada por uma fina camada de cÚlulas achatadas, eosinofÝlicas e transl·cidas, cujos n·cleos e organelas foram digeridos por enzimas dos lisossomos e desapareceram. EstÒo presentes no citoplasma filamentos de queratina, compactados e envolvidos por material elÚtron-denso.


Camada c¾rnea

Possui espessura muito varißvel e Ú constituÝda por cÚlulas achatadas, mortas e anucleadas. O citoplasma apresenta-se cheio de queratina. Esta possui, no mÝnimo, seis polipeptÝdeos distintos; a composiþÒo dos tonofilamentos sÒo modificados a medida que os queratin¾citos se diferenciam. As cÚlulas da camada basal apresentam queratina de baixo peso molecular, enquanto os queratin¾citos mais diferenciados sintetizam queratinas de peso molecular maior. Na camada c¾rnea os tonofilamentos se aglutinam juntamente com a matriz formada pelos grÔnulos de querato-hialina.

Nesta fase, os queratin¾citos estÒo transformados em placas sem vida descamando continuamente.

Todas as camadas descritas acima estÒo presentes na epiderme na sua maior complexidade, que Ú na pele espessa. Jß na pele fina, frequentemente estÒo ausentes as camadas granulosa e l·cida, com uma camada c¾rnea bem reduzida.


Veja também: