Emílio Ribas - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Emílio Ribas


  Biografias
Para confirmar a teoria da transmissão da febre amarela pelo vírus Stegomia calopus, o sanitarista Emílio Ribas deixou-se infectar pelos mosquitos vetores da doença.
Emílio Marcondes Ribas nasceu em 11 de abril de 1862 em Pindamonhangaba SP. Diplomou-se pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1887 e, em 1896, foi comissionado pelo governo de São Paulo para combater epidemias. Extinguiu a febre amarela em Campinas e, a partir de 1898, ocupou por 15 anos a direção do serviço sanitário estadual. Combateu a peste bubônica em Santos e preparou, com Vital Brasil, o soro antipestoso. Criou o Instituto Butantã e vários outros serviços. Quando Osvaldo Cruz iniciou a campanha contra a febre amarela na cidade do Rio de Janeiro, Ribas praticamente a exterminara em São Paulo.
No experimento com os mosquitos Aedes aegypti, do qual participou com outros voluntários, alguns contraíram a doença, que foi observada por uma comissão designada para seguir a experiência. Todos sobreviveram e o estudo contribuiu para a aceitação de seus trabalhos. Emílio Ribas morreu na cidade de São Paulo, em 19 de dezembro de 1925.
s

Veja também: