Émile Durkheim - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Émile Durkheim


  Biografias
Fundador da sociologia, Durkheim combinou a pesquisa empÝrica com a teoria sociol¾gica. Sua contribuiþÒo tornou-se ponto de partida do estudo de fen¶menos sociol¾gicos como a natureza das relaþ§es de trabalho, os aspectos sociais do suicÝdio e as religi§es primitivas.
╔mile Durkheim nasceu em ╔pinal, Vosges, em 15 de abril de 1858. Freq³entou a ╔cole Normale SupÚrieure em Paris e interessou-se por filosofia. Em 1887 assumiu em BordÚus a primeira cadeira de sociologia instituÝda na Franþa. Em 1896, fundou o peri¾dico L"AnnÚe Sociologique e, em 1902, passou a lecionar sociologia e educaþÒo na Sorbonne.
Quatro obras capitais. A abordagem com que Durkheim debruþou-se sobre a sociologia se anuncia nas obras De la division du travail social (1893; Da divisÒo do trabalho social) e Les RÞgles de la mÚthode sociologique (1895; As regras do mÚtodo sociol¾gico). Na primeira, analisa o problema da ordem num sistema social de individualismo econ¶mico. Na segunda, define fato social e esquematiza a trama metodol¾gica com que estudou os fen¶menos sociais.
O fato social Ú experimentado pelo indivÝduo como uma realidade independente que ele nÒo criou e nÒo pode rejeitar, como as regras morais, leis, costumes, rituais e prßticas burocrßticas oficiais, entre outras. Partindo da exterioridade dos fatos sociais, Durkheim abordou a sociedade como um fato sui generis e irredutÝvel a outros, compreendendo-a como um conjunto de ideais constantemente alimentados pelos indivÝduos que fazem parte dela. Dessa forma, conceituou a consciÛncia coletiva como o "sistema das representaþ§es coletivas de uma dada sociedade". A linguagem, por exemplo, Ú uma representaþÒo coletiva, assim como os sistemas jurÝdicos e as obras de arte.
Na anßlise dos sistemas sociais, Durkheim introduziu os conceitos de solidariedade mecÔnica e orgÔnica, que o levaram Ó distinþÒo dos principais tipos de grupos sociais. A solidariedade mecÔnica ocorre nas sociedades primitivas, nas quais os indivÝduos diferem pouco entre si e partilham dos mesmos valores e sentimentos. A orgÔnica, presente nas sociedades mais complexas, se define pela divisÒo do trabalho.
O estudo das sociedades mais complexas levou Durkheim Ós idÚias de normalidade e patologia sociais, a partir das quais introduziu o conceito de anomia, ou seja, ausÛncia ou desintegraþÒo das normas sociais. Como as sociedades mais complexas se baseiam na diferenciaþÒo, Ú preciso que as tarefas individuais correspondam aos desejos e aptid§es de cada um. Isso nem sempre acontece e a sociedade se vÛ ameaþada pela desintegraþÒo, pois os valores ficam enfraquecidos. A soluþÒo proposta por Durkheim sÒo as formas cooperativistas de produþÒo econ¶mica.
Em Le Suicide (1897; O suicÝdio), tentou mostrar que as causas do auto-extermÝnio tÛm fundamento social e nÒo individual. Descreveu trÛs tipos de suicÝdio: o egoÝsta, em que o indivÝduo se afasta dos seres humanos; o an¶mico, originßrio, por parte do suicida, da crenþa de que todo um mundo social, com seus valores, normas e regras, desmorona-se em torno de si; e o altruÝsta, por lealdade a uma causa.
Na ·ltima de suas quatro obras capitais, Les Formes ÚlÚmentaires de la vie religieuse (1915; As formas elementares da vida religiosa), buscou mostrar as origens sociais e cerimoniais, bem como as bases da religiÒo, sobretudo do totemismo na Austrßlia. Afirmou que nÒo existem religi§es falsas, que todas sÒo essencialmente sociais. ╔mile Durkheim morreu em Paris em 15 de novembro de 1917.

Veja também: