Emanuel Swedenborg - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Emanuel Swedenborg


  Biografias

Ridicularizadas por Kant em Träume eines Geistersehers (1766; Sonhos de um visionário), as visões e idéias religiosas de Swedenborg foram contudo fonte de inspiração para importantes escritores, como Balzac, Baudelaire, Emerson, Yeats e Strindberg.
Emanuel Swedenborg nasceu em Estocolmo, Suécia, em 29 de janeiro de 1688. Filho de um bispo luterano, estudou na Universidade de Uppsala e aperfeiçoou em Paris, Londres e Leyden seus extensos conhecimentos de mecânica, matemática, geologia e outras disciplinas. Voltou para a Suécia e lá editou a primeira publicação científica do país, o Daedelus Hyperboreus. Presidiu a Sociedade Real de Mineralogia e distinguiu-se, como engenheiro, na construção de canais e comportas. Em Opera philosophica et mineralia (1734; Obras filosóficas e de mineralogia) e em seus livros sobre anatomia e fisiologia dos animais defendeu teses vitalistas. Foi também adepto do atomismo e propôs teses cosmológicas que parecem antecipar as da astronomia moderna.
A partir de 1736, Swedenborg passou por experiências místicas radicais, acentuadas em 7 de abril de 1744, quando teve sua primeira visão de Cristo. No restante de sua longa carreira, dedicou-se a interpretar a Bíblia e a relatar o que tinha visto e ouvido na comunicação com outros mundos. De 1749 a 1771 escreveu cerca de trinta volumes, todos em latim e a maioria apócrifos. Entre esses estão Arcana coelestia (1749-1756; Mistérios celestes) e Apocalypsis explicata (1785-1789; O Apocalipse explicado), com interpretações da Bíblia. Em Vera christiana religio (1771; A verdadeira religião cristã) expôs de maneira clara e organizada a essência de seu pensamento teológico. As primeiras sociedades swedenborgianas apareceram em Londres na década de 1780. Nos Estados Unidos, seus seguidores estão agrupados na New Church e realizam um ativo trabalho missionário. Swedenborg morreu em Londres em 29 de março de 1772.

Veja também: