Edgard Roquette-Pinto - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Edgard Roquette-Pinto


  Biografias
Homem empreendedor e de múltiplas atividades, o antropólogo e educador Roquette-Pinto implantou a radiofonia e a televisão no Brasil com o objetivo de difundir a cultura.
Edgard Roquette-Pinto nasceu no Rio de Janeiro RJ em 25 de setembro de 1884. Diplomou-se em 1905 pela Faculdade Nacional de Medicina. Colaborou com a missão de Rondon, em 1912, quando filmou os índios nhambiquaras. Também realizou, no litoral do Rio Grande do Sul, estudos sobre os sambaquis, ou depósitos arqueológicos. Lecionou história natural na Escola Normal do Rio de Janeiro em 1916, e fisiologia na Universidade Nacional do Paraguai em 1920.
Interessado no progresso tecnológico dos meios de comunicação de massa, Roquette-Pinto criou, em 1923, a primeira estação de rádio do país, a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, instalada na Academia Brasileira de Ciências, com sede nessa cidade. A emissora foi doada ao governo federal e transformada na Rádio Ministério da Educação em 1936. Roquette-Pinto era um acadêmico de múltiplas facetas: foi diretor da Faculdade Nacional de Medicina em 1926, membro da Academia Brasileira de Letras a partir de 1927, e em 1929 presidiu o I Congresso Brasileiro de Eugenia.
O anseio pela difusão da cultura levou-o, em 1929, a fazer demonstrações de televisão. Em 1934 fundou a Rádio Escola Municipal do Rio de Janeiro, depois Rádio Roquette-Pinto. Com Humberto Mauro, criou em 1937 o Instituto Nacional do Cinema Educativo, que dirigiu. Dentre seus escritos destacam-se Guia de antropologia (1915), Ensaios de antropologia brasileira (1933), Samambaia (1934) e Ensaios brasileiros (1941). Edgard Roquette-Pinto morreu no Rio de Janeiro RJ em 1954.

Veja também: