Disturbios Monogênicos - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Disturbios Monogênicos


  Patologias

Na prßtica clÝnica, a maior importÔncia da genÚtica Ú seu papel na etiologia de um grande n·mero de dist·rbios. de cromossomos.
Os dist·rbios monogÛnicos, denominados mendelianos, caracterizam-se por seus padr§es de transmissÒo nas familias. A fim de estabelecer o padrÒo de transmissÒo, a primeira etapa Ú obter informaþ§es sobre a hist¾ria familial do paciente e resumir os detalhes na forma de um heredograma, por meio de sinais e sÝmbolos padronizados.

A obtenþÒo de hist¾ria familial abrangente Ú uma primeira etapa fundamental na anßlise de qualquer dist·rbio. Uma hist¾ria familial adequada deve incluir informaþ§es sobre os parentes, nos vßrios ramos da famÝlia pelo menos atÚ os av¾s e seus irmÒos, os pais, os irmÒos, os tios e os primos em primeiro grau do paciente. A hist¾ria deve conter detalhes como nomes, datas de nascimento, morte, mortes precoces de lactentes, partos de natimortos e abortos espontÔneos. Deve-se documentar a consanguinidade dos pais, bem como antecedentes geogrßficos e Útnicos.

Algumas definiþ§es importantes!!!!!!

Existem quatro padr§es bßsicos de Heranþa MonogÛnica:

Heranþa Autoss¶mica Dominante
Heranþa Autoss¶mica Recessiva
Heranþa Dominante Ligada ao X
Heranþa Recessiva Ligada ao X

A distinþÒo entre a heranþa autoss¶mica e ligada ao X depende da localizaþÒo cromos¶mica do gene.Um critÚrio de exclusÒo de heranþa ligada ao X Ú a transmissÒo do fen¾tipo de homem para homem.

Uma heranþa Ú dominante quando um fen¾tipo Ú expressado da mesma maneira em homozigotos e heterozigotos e Ú recessiva quando somente expressado em homozigotos.


FATORES QUE AFETAM O PADR├O DOS HEREDOGRAMAS
Heterogeneidade
Inclui diversos fen¾tipos que sÒo semelhantes mas determinados por gen¾tipos diferentes.

PenetrÔncia
╔ a probabilidade de um gene ter qualquer expressÒo fenotÝpica. Quando alguns indivÝduos que tÛm o gen¾tipo apropriado e nÒo o expressam de modo algum, diz-se que o gene exibe penetrÔncia reduzida e que hß falta de penetrÔncia do gene nestes indivÝduos.
 
Expressividade
╔ o grau de expressÒo do fen¾tipo. Quando a manifestaþÒo de um fen¾tipo difere em pessoas que apresentam o mesmo gen¾tipo diz-se que o fen¾tipo tem expressividade varißvel.

Pleitropia
Quando um ·nico gene ou par de genes anormal produz efeitos fenotÝpicos diversos, diz-se que sua expressÒo Ú pleitr¾pica. Como exemplo, podemos citar a SÝndrome de Bardet-Bield, que Ú um raro dist·rbio autoss¶mico recessivo caracterizado por retardamento mental, obesidade, polidactilia, hipogenitalismo e retinite pigmentosa.

PADRıES N├O CL┴SSICOS DE HERANÃA MONOG╩NICA


Heranþa Mitocondrial
╔ caracterizado por uma Heranþa Materna. A mÒe transmite seu DNA a toda prole. Suas filhas, por sua vez, o transmitem, mas seus filhos nÒo.
O ov¾cito Ú bem suprido de mitoc¶ndrias, mas o espermatoz¾ide contÚm poucas e mesmo essas poucas nÒo persistem na progÛnie.

Mosaicismo
╔ caracterizado por apresentar em um mesmo indivÝduo ou tecido pelo menos duas linhagens celulares, que diferem geneticamente mas provÛm de um ·nico zigoto.


Mosaicismo Somßtico
Quando ocorre uma mutaþÒo durante o desenvolvimento embrionßrio manifestando-se como anormalidade segmentar ou desigual, dependendo do estßgio em que a mutaþÒo ocorreu e da linhagem da cÚlula somßtica na qual ela se originou.

Mosaicismo da Linhagem Germinativa
Quando ocorre uma mutaþÒo numa cÚlula da linhagem germinativa ou precursora, persistindo em todos os descendentes clonais da cÚlula e depois em certa proporþÒo dos gametas.

 

Este heredograma demonstra a recorrÛncia do dist·rbio autoss¶mico dominante OsteogÛnese Imperfecta. Os filhos afetados possuem uma mutaþÒo puntiforme num gene de colßgeno. O pai (seta) nÒo Ú afetado e nÒo apresenta esta mutaþÒo no DNA e tecidos somßticos examinados. Ele provavelmente Ú um mosaico da mutaþÒo na sua linhagem germinativa. ╔ definida como a presenþa de uma linhagem celular diss¶mica que contÚm dois cromossomos de um dado tipo, herdados de um ·nico genitor.


ImpressÒo (Imprinting) Gen¶mica
╔ a expressÒo diferencial do material genÚtico, ao nÝvel cromoss¶mico ou alÚlico, dependendo se este material foi herdado do genitor masculino ou feminino.


Veja também: