Dislexia - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Dislexia


  Patologias
A criança de inteligência normal com dificuldade de aprender a ler sofre de dislexia. Sua leitura oral  distingue-se por muitos erros e lentidão da pronúncia.
Perturbação patológica do mecanismo da leitura, a dislexia designa certas dificuldades específicas na aprendizagem e no domínio da língua escrita. O estudo  da dislexia levou à noção de "cegueira verbal congênita". Já se notou a freqüência de canhotos, que tiveram essa característica contrariada, no grupo dos disléxicos, e se insistiu sobre a ausência de dominância cerebral suficiente na determinação desse tipo de perturbação. Denomina-se dislexia de evolução um defeito de aprendizagem da leitura caracterizado  pela dificuldade de conscientização fonética e por uma incapacidade de associar corretamente os símbolos gráficos, por vezes mal reconhecidos, a fonemas muitas vezes mal identificados.
A importância, nesses casos, de certos erros, como a inversão da leitura de letras no interior da palavra, confusão das letras de grafismo vizinho e de orientação diferente, leitura e escrita em espelho, tem sido interpretada em favor de uma perturbação da dominância cerebral, como no caso dos canhotos, ou por defeito de homogeneidade da laterização, isto é, a discordância entre as laterizações do olho e da mão. É comum relacionar as dificuldades na aquisição da leitura com um determinismo, que comporta fatores fisiológicos, psicológicos e socioculturais. Alguns autores insistem no caráter hereditário das dificuldades de leitura.
Os problemas relacionados à aquisição da leitura levam a disortografias, isto é, a perturbações na aquisição da linguagem escrita, decorrentes das dificuldades de transposição da palavra percebida a sua forma gráfica. O tratamento da dislexia pode ser realizado por meio de exercícios que visam a melhorar as possibilidades de recuperação das crianças que sofrem desse distúrbio.

Veja também: