Diego de Landa - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Diego de Landa


  Biografias
O conhecimento da cultura maia muito deve ao notável trabalho de pesquisa realizado por Diego de Landa, que, paradoxalmente, foi também o causador da perda de numerosas fontes sobre a história, idiomas e costumes dessa civilização.
Diego de Landa nasceu em Cifuentes, Espanha, por volta de 1524. Ingressou na ordem franciscana em 1541 e seu fervor religioso levou-o a missões no Novo Mundo. Transferido para o vice-reinado da Nova Espanha (México), procurou ajudar os índios, dizimados por doenças transmitidas pelos europeus, fome e maus tratos. Em 1572 foi nomeado bispo de Yucatán.
Primeiro pesquisador da civilização maia, sua obra Relación de las cosas de Yucatán (1566) constitui um estudo clássico. No entanto, apesar de sua admiração pela religião e a cultura maia, Landa ordenou, por zelo religioso, a destruição de ídolos e livros maias. Essa atitude, embora deva ser compreendida no contexto da época, prejudicou para sempre o estudo de uma civilização que o próprio Landa descreveu com tanto interesse e que, apesar de já ter desaparecido, como sociedade viva, antes da chegada dos espanhóis à América, havia deixado material suficiente para seu conhecimento. Diego de Landa morreu em Mérida, Yucatán, em 1579.

Veja também: