Codorna - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Codorna


  Taxonomia

As codornas silvestres fazem parte da avifauna mais antiga da América do Sul. Há vinte mil anos já habitavam o Brasil, onde serviam de alimento para os índios.
A codorna, confundida às vezes no Brasil com a codorniz européia, é uma ave da família dos tinamídeos (a mesma dos macucos, azulonas, inambus e perdizes), gêneros Nothura e Taoniscus. Existem no Brasil a codorna comum ou perdizinho (Nothura maculosa), cuja fêmea é maior que o macho, com cerca de 27cm de comprimento; a codorna-mineira (N. minor), menor que o da espécie anterior; e a codorna-buraqueira (N. boraquira e Taoniscus nanus), a menor do país, que atinge no máximo 15cm.
Essas aves alimentam-se de insetos, grãos e frutos. Vivem isoladas em descampados, voam pouco e a curtas distâncias. Ocorrem do Rio Grande do Sul até a Bahia. As duas primeiras espécies assemelham-se na plumagem: cor pardo-amarelada com manchas e faixas transversais pretas no dorso, barriga amarela e garganta branca. A codorna-buraqueira tem dorso preto com estreitas faixas transversais, cabeça e pescoço pardo-amarelados, garganta e abdome brancos. Quando se sente em perigo, esconde-se em buracos no chão.

 ttp://1vima

Veja também: