Chopim - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Chopim


  Taxonomia
Poupando-se em geral ao trabalho de construir um ninho, o chopim põe seus ovos nos ninhos de outras aves, deixando que estas alimentem e criem os filhotes abandonados à sorte.
Pássaro da família dos icterídeos, o chopim, gaudério ou maria-preta (Molothrus bonariensis) apresenta variações no colorido e tamanho, que oscila em média de 16,5 a 21,5cm. O macho é azul-violeta, com asas esverdeadas brilhantes; a fêmea, menor, é marrom-fuligem, de dorso negro, ou totalmente negra. O chopim ocorre desde o Panamá e Antilhas até a Argentina e o Chile; e existe em todas as regiões brasileiras. No Brasil há registros de 55 espécies de pássaros em cujos ninhos foram encontrados seus ovos. Entre os principais hospedeiros da prole do chopim estão o tiê-sangue, o sofrê, o pardal e o tico-tico.
A fêmea do chopim põe de quatro a cinco ovos ou mais em ninhos de tico-tico, com dois a três dias de intervalo entre as posturas. A incubação dos ovos pelo hospedeiro leva de 11 a 12 dias e os filhotes, depois de abandonarem o ninho, ainda acompanham por duas semanas seus padrastos.
O chopim-azeviche (M. rufoaxillaris) apresenta plumagem negra no corpo e na cabeça, mede de 18 a 21cm e é comum no Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul. Do Brasil central e meridional é o chopim-do-brejo ou do banhado (Pseudoleistes guirahuro), de plumagem negro-parda, com barriga e lado inferior das asas amarelos.
bestweightlosspi

Veja também: