Cevada - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Cevada


  Botânica
A cevada foi um dos primeiros cereais utilizados pelo homem, como se evidencia por numerosos restos f¾sseis provenientes de jazidas arqueol¾gicas do neolÝtico. Durante sÚculos constituiu uma lavoura bßsica de subsistÛncia, na maior parte do continente europeu, e ainda tem grande importÔncia na economia de diversos paÝses do leste e do norte da Europa.
Planta herbßcea anual pertencente Ó famÝlia das gramÝneas, a cevada (Hordeum vulgare) Ú um dos principais cereais cultivados no mundo, junto com o trigo, o arroz, a aveia e o milho. Seus colmos ou caules crescem cerca de um metro e sÒo mais grossos que os das espÚcies afins. Os grÒos, agrupados em espigas compactas, disp§em-se em duas ou seis carreiras, sendo este o caso mais comum nas variedades plantadas.
O cultivo da cevada Ú feito em amplas zonas do hemisfÚrio norte, desde o cÝrculo polar ßrtico, onde se conta com apenas dois meses para seu desenvolvimento, atÚ as regi§es temperadas do hemisfÚrio sul. No Tibet, a planta Ú cultivada em altitude superior a cinco mil metros, sendo vista ao mesmo tempo nos altiplanos andinos do Peru e da BolÝvia.
Cereal de crescimento rßpido e de grande resistÛncia tanto Ó seca quanto Ós geadas, aclimata-se a ßreas que nÒo sÒo propÝcias ao desenvolvimento de outras gramÝneas, como o trigo, por exemplo, muito embora seja mais sensÝvel que este Ó aþÒo das ervas daninhas e ao uso de adubos.
A cevada Ú utilizada na alimentaþÒo humana, como forragem para o gado e na fabricaþÒo de cerveja e outras bebidas alco¾licas. As variedades forrageiras sÒo ricas em proteÝnas e apresentam bom rendimento, ao passo que as empregadas na ind·stria, quer de bebidas, quer de farinhas maltadas, acusam conte·do superior de carboidratos e menor proporþÒo protÚica. Os grÒos fermentados entram tambÚm na fase inicial da elaboraþÒo de diversos tipos de uÝsque. Jß o pÒo de cevada, ainda comum em muitos paÝses, foi alimento bßsico na Europa atÚ o fim do sÚculo XV.
Vßrios milÛnios antes de Cristo a cevada jß era conhecida na China, admitindo-se que seja originßria da ┴sia central, de onde se teria disseminado para o Ocidente atÚ alcanþar o MediterrÔneo. Hß representaþ§es da cevada em moedas gregas e romanas que datam de alguns sÚculos antes da era cristÒ.
A introduþÒo desse cereal no Brasil foi feita ainda no perÝodo colonial, mas seu cultivo s¾ se generalizou bem mais tarde, sobretudo nos estados do Rio Grande do Sul e Paranß, nos quais a cevada encontrou condiþ§es particularmente favorßveis a seu desenvolvimento. As variedades plantadas em grande escala no sul destinam-se em geral Ó produþÒo de cerveja, ou sÒo forrageiras.

Veja também: