Cedro - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Cedro


  Botânica

Símbolo freqüente de força e resistência na Bíblia, o cedro parece ter sido a árvore cuja madeira Salomão escolheu para a edificação de seu templo e os fenícios empregaram-na na construção de barcos.
O cedro pertence à família das pináceas, ordem das coníferas. Trata-se de uma árvore de grande porte a que a disposição dos galhos confere bela aparência. Ultrapassa não raro quarenta metros de altura, com cerca de três metros de diâmetro na base do tronco. Possui folhas em forma de agulha, e se reproduz por sementes, contidas em cones.
Há quatro espécies de cedro verdadeiro: o cedro-do-atlas ou cedro-africano (Cedrus atlantica), o cedro-de-chipre (C. brevifolia), o cedro-do-líbano (C. libani) e o cedro-do-himalaia (C. deodara). Como indicam seus nomes, são árvores originárias de áreas montanhosas da região mediterrânea e do Tibet, que se disseminaram pelo mundo, em geral com intenções ornamentais, graças à ação do homem. Todas fornecem madeiras leves, avermelhadas, de grande durabilidade, utilizadas em construção e marcenaria, e de cuja destilação se obtém o óleo de cedro.
No Brasil, onde há cedros verdadeiros plantados com fins paisagísticos, sobretudo no Rio de Janeiro e em São Paulo, o mesmo nome se aplica a diferentes espécies nativas, classificadas no gênero Cedrela, da família das meliáceas, como o cedro-cheiroso (C. odorata), o cedro-batata (C. fissilis ou brasiliensis), o cedro-das-missões (C. tubiflora) e o cedro-rosa (C. glaziovii).

 -tak

Veja também: