Cascavel - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Cascavel


  Taxonomia

A característica mais notável da cascavel é a cauda terminada por um guizo, formado por até vinte anéis,  articulados, que produzem um som de chocalho quando a cobra, irritada, os faz vibrar.

O nome cascavel aplica-se a várias espécies de ofídios venenosos da família dos crotalídeos, gêneros Crotalus e Sistrurus, que ocorrem no Novo Mundo, do Canadá à Argentina. A maioria é típica de regiões secas e tem coloração pardo-escura, com manchas losangulares no dorso, alternadas com outras laterais. A cabeça triangular reveste-se de escamas e os dentes anteriores têm canais por onde passa o veneno.

De hábitos noturnos, as cascavéis alimentam-se de pequenos animais, especialmente roedores. Têm visão limitada, olfato desenvolvido e nenhuma audição, embora sejam extremamente sensíveis às vibrações, o que lhes permite perceber a aproximação de qualquer animal a considerável distância. As ninhadas compreendem de 3 a 12 filhotes, mas algumas espécies tropicais podem produzir até sessenta. A média de vida oscila entre 10 e 12 anos.

A maioria das espécies concentra-se na América do Norte. No Brasil só se registra C. terrificus, de veneno muito ativo e ação geral violenta, mormente sobre o sistema nervoso, com paralisia e perturbação visual, embora a dor da picada seja leve. Essa cascavel atinge 1,80m, enquanto a adamantina, dos Estados Unidos, chega a 2,50m.


Veja também: