Características do Tecido Epitelial - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Características do Tecido Epitelial


  Histologia

As principais caracterÝsticas do tecido epitelial sÒo:

  • Suas cÚlulas mantÛm muito pouco espaþo entre si, portanto, sÒo justapostas.
    Suas cÚlulas estabelecem muitas junþ§es intercelulares com as cÚlulas epiteliais vizinhas.
  • Hß muito pouco material extracelular entre as suas cÚlulas.
  • A forma de suas cÚlulas Ú bastante diversa, desde achatada atÚ piramidal, passando por c·bica e cilÝndrica.
  • O tecido epitelial em princÝpio nÒo contÚm vasos sanguÝneos. SÒo raros os epitÚlios que possuem vasos no seu interior. As suas cÚlulas estÒo sempre apoiadas sobre um tecido conjuntivo no qual existem vasos sanguÝneos e linfßticos que fornecem oxigÛnio, nutrientes e outras molÚculas ao epitÚlio e recolhem gßs garb¶nico, lÝquido, metab¾litos e secreþ§es.
  • Na interface das cÚlulas epiteliais com o tecido conjuntivo hß uma delgada lÔmina de um complexo de macromolÚculas denominada lÔmina basal. O conjunto constituÝdo pela lÔmina basal e pelas fibras do tecido conjuntivo que estÒo muito pr¾ximas Ó lÔmina basal Ú visÝvel ao microsc¾pio de luz e Ú denominado membrana basal. As cÚlulas epiteliais estÒo, portanto, sempre apoiadas sobre uma lÔmina basal.
  • O contacto das cÚlulas epiteliais com a lÔmina basal provoca uma organizaþÒo especÝfica na grande maioria das cÚlulas epiteliais, denominada polaridade. Com a polaridade as vßrias regi§es dos diferentes tipos de cÚlulas tÛm uma organizaþÒo especÝfica e um conte·do de organelas caracterÝstico e, portanto, diferentes funþ§es.
  • A porþÒo da cÚlula que se apoia na lÔmina basal Ú denominada regiÒo basal e a porþÒo oposta, frequentemente voltada para uma cavidade, Ú denominada regiÒo apical.
  • As cÚlulas epiteliais frequentemente tÛm especializaþ§es da sua membrana plasmßtica, tais como microvilosidades, cÝlios, estereocÝlios, alÚm das junþ§es intercelulares.

 

Funþ§es do tecido epitelial

  1. revestir superfÝcies
  2. secretar molÚculas
  3. transportar molÚculas ou Ýons entre dois compartimentos

O revestimento de superfÝcies tem vßrias finalidades importantes:

  • oferecer proteþÒo mecÔnica Ó superfÝcie revestida
  • funcionar como uma barreira separando compartimentos no corpo
    agir como um local de absorþÒo de molÚculas transportando-as de um compartimento para o outro
  • oferecer proteþÒo para algumas superfÝcies impedindo seu dessecamento.

As funþ§es de secreþÒo e transporte consistem fundamentalmente em:

  • reunir pequenas molÚculas e sintetizar molÚculas maiores (macromolÚculas) que serÒo eliminadas (secretadas) pelas cÚlulas
  • transformar molÚculas pela adiþÒo, retirada ou substituiþÒo de seus componentes e secretß-las
  • em um grupo menor de casos (como o suor das glÔndulas sudorÝparas), a maior parte da secreþÒo Ú somente transportada pelas cÚlulas sem que haja um processo de sÝntese envolvido
  • transporte de molÚculas, partÝculas e Ýons entre a luz de vasos sanguÝneos e o tecido conjuntivo no caso de cÚlulas que revestem internamente vasos sanguÝneos e linfßticos


ClassificaþÒo do tecido epitelial

De acordo com sua localizaþÒo, arranjo das cÚlulas e funþ§es, o tecido epitelial Ú classificado em dois tipos:

  • Tecido epitelial de revestimento
  • tecido epitelial secretor ou glandular

Esta classificaþÒo Ú, no entanto, imperfeita, pois hß muitos epitÚlios de revestimento nos quais algumas ou todas cÚlulas sÒo tambÚm secretoras.


Veja também: