Capivara - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Capivara


  Taxonomia

Excelente nadadora, a capivara vive perto de rios ou lagos e mergulha ao menor sinal de perigo. Passa o dia escondida e só à noite sai para se alimentar.

Mamífero herbívoro da família dos hidroquerídeos, a capivara sul-americana (Hydrochoerus hydrochoeris) é o maior dos roedores vivos: mede até 1,25m de comprimento e pode pesar cinquenta quilogramas ou mais. Quase desprovida de cauda, é de constituição robusta, com o pelo áspero e uniformemente pardo. As orelhas são pequenas, o focinho pouco pronunciado e as pernas curtas. Tem quatro dedos nas patas dianteiras e três nas traseiras, unhas curtas e dedos semipalmados, o que contribui para dar-lhe a agilidade na água. Apesar de corpulenta, é ágil também em terra, onde salta e corre com destreza.

A capivara é um animal gregário, que se junta com frequência em bandos ou varas de dezenas de indivíduos. Uma vez por ano, a fêmea tem ninhadas de três a oito filhotes, após um período de gestação que dura de 100 a 110 dias. O nome, que provém do tupi kapi"wara ("comedor de capim"), alude ao regime alimentar, que só inclui vegetais. Plantações de arroz, milho e outras espécies podem ser eventualmente atacadas por animais famintos, também capazes de roer cascas de árvores e ingerir folhas.

A área de ocorrência da capivara, incluindo o Brasil, vai da Colômbia ao Uruguai e norte da Argentina. No Panamá ocorre uma espécie de porte bem menor, H. isthmius, com cerca de 27kg. Em certas áreas fronteiriças do Brasil, a capivara é conhecida também como carpincho, seu nome em espanhol.



Veja também: