Cantinflas - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Cantinflas


  Biografias
Graças à verborragia disparatada e à divertida gesticulação, Cantinflas tornou-se o comediante mais popular da América espanhola em meados do século XX. A fama adveio de sua interpretação do pelado -- o mexicano humilde --, com grande dose de ingenuidade, ternura, picardia e sabedoria popular.
Mario Moreno nasceu na Cidade do México em 12 de agosto de 1911. A penúria pela qual passava a família levou-o a suspender os estudos e tornar-se artista ambulante, fazendo sucesso ao dançar e cantar melodias populares de um jeito gaiato, que alternava com discursos galhofeiros. Entrou para o cinema em 1933, estreando em La mujer del puerto. Aos poucos ganhou outras oportunidades até estrelar Así es mi tierra (1937). Em 1940 criou sua própria produtora, Rosa Filmes. Sua fama e popularidade subiram vertiginosamente. O primeiro longa-metragem da produtora foi Ni sangre ni arena (1941; Nem sangue, nem areia), seguido de outros, dirigidos na maior parte por Miguel M. Delgado, como El gendarme desconocido (1941), Los tres mosqueteros (1942) e El bombero atómico (1950).
Após filmar em Hollywood Around the World in Eighty Days (1956; A volta ao mundo em oitenta dias), inspirado no romance de Júlio Verne, e Pepe (1960), Cantinflas voltou a seu país, onde continuou a interpretar seu tipo em filmes como El padrecito (1964), El profe (1970) e El basurero (1981), seu último filme. Cantinflas morreu em sua cidade natal a 21 de abril de 1993.

Veja também: