Cânhamo - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Cânhamo


  Botânica
O cultivo do cânhamo, planta de grande aproveitamento na indústria têxtil, remonta às antigas civilizações do sul da Ásia.
Cânhamo (Cannabis sativa) é uma planta herbácea anual da família das moráceas, cuja altura varia de um a quatro metros. O caule é ereto e as folhas, palmadas e com borda dentada, apresentam várias peças menores ou folíolos, de forma lanceolada. As flores, pequenas e esverdeadas, agrupam-se em inflorescências: as masculinas em uma planta, e as femininas em outra. Estas últimas possuem uma série de glândulas que segregam um princípio ativo de propriedades sedativas e narcóticas. Na variedade Cannabis sativa indica, a maconha, essa substância é mais abundante e de ação mais poderosa; dela extrai-se a resina denominada haxixe. A planta e o óleo são ambos entorpecentes.
O fruto, pequeno e ovalado, apresenta alto teor de gordura (quase trinta por cento), aproveitado industrialmente. É também utilizado como alimento em avicultura. Do caule do cânhamo extrai-se uma fibra, de cor cinzenta, parda ou esverdeada, que serve para a fabricação de tecidos resistentes e rústicos, assim como cordas grossas e cordéis, estopa, calçados toscos, artesanato etc.
Originária da área do mar Cáspio, o cânhamo propagou-se na antiguidade pela Índia e pela Pérsia, e no século VII foi introduzido na Europa. Modernamente, é cultivada em todas as áreas de clima quente e alto índice de umidade.
bestweight

Veja também: