Camaleão - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Camaleão


  Taxonomia
Entre as múltiplas características anatômicas e funcionais que os camaleões adquiriram em sua evolução a mais notável é a capacidade de mudar a cor da pele.
Camaleão é um réptil da subordem dos sáurios, pertencente à família dos camaleontídeos, que compreende cerca de oitenta espécies, a maioria das quais vive na África. Algumas são nativas da Índia e outras distribuem-se em certas regiões da Europa meridional.
O corpo do camaleão é achatado dos lados e a pele apresenta abundantes apêndices córneos em forma de corno ou de crista, muito acentuados em algumas espécies. As mudanças da cor da pele -- em geral esverdeada ou pardacenta -- em função de estímulos nervosos e fatores ambientais são determinadas por uma série de alterações das células pigmentárias, que fazem com que se modifique a distribuição da substância corante nelas contida.
As patas terminam em dedos opostos, em forma de pinça, de maneira que constituem um órgão preênsil com o qual o animal se agarra aos galhos das árvores. Para tanto também utiliza a longa cauda, dotada de grande mobilidade.
Outra característica notável dos camaleões são seus olhos, de movimento independente um do outro. Por isso, sua visão é muito precisa e permite-lhes capturar insetos -- base de sua alimentação --, mesmo quando se encontram em pleno vôo. Para caçar, valem-se da língua, comprida e pegajosa, que lançam sobre as presas a grande velocidade como se impulsionada por uma mola. Na maioria, as espécies são arborícolas e de hábitos diurnos. Quanto à reprodução, são animais ovíparos.
Entre as espécies mais difundidas destacam-se o camaleão comum (Chamaleo chamaleon), que ocorre na África, Ásia e sul da Europa; o camaleão gigante de Madagascar (C. oustaleti), de aproximadamente 75cm de comprimento; e o camaleão índico (C. zeylanicus). Costuma-se chamar impropriamente de camaleão alguns dos iguanídeos brasileiros, sobretudo os do gênero Anolis, que têm a mesma propriedade de mudar de cor.

Veja também: