Caititu - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Caititu


  Zoologia

Chamado também de caetetu ou cateto, o caititu revela grande destreza para transpor obstáculos ao percorrer as matas em busca de alimentos: frutas, raízes, talos suculentos e, não raro, alguns pequenos animais. Gregário, vive em bandos de muitas dezenas de indivíduos e é capaz de vencer a nado até os rios caudalosos.

Mamífero da ordem dos artiodáctilos, com quatro dedos nas patas anteriores e três nas posteriores, o caititu (Tayassu tajacu) é a menor das duas espécies do único gênero de taiaçuídeos -- a família dos porcos-do-mato do Novo Mundo -- que ocorre no Brasil. Mede cerca de noventa centímetros de comprimento e 35cm de altura e distingue-se da outra espécie, o queixada (T. pecari), por ter em volta do pescoço, cingindo-o como um colar, uma faixa de pêlos brancos. O restante da pelagem é de cor parda-acinzentada.

Tanto o caititu quanto o queixada diferem dos porcos de criação, que integram a família dos suídeos, pela forma de seus dentes caninos superiores, que se projetam para baixo, e não para fora e para cima, e pela presença de uma glândula odorífera complexa (sebácea e sudorípara) no dorso. Essa glândula, popularmente chamada "umbigo", tem importante função na comunicação entre os bandos. O caititu vive em todos os tipos de ambiente; o queixada é mais freqüente nas matas fechadas.


Veja também: