Cafeína - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Cafeína


  Bioquímica
Presente em algumas bebidas largamente consumidas, como cafÚ, chß, guaranß e refrigerantes Ó base de cola, a cafeÝna induz Ó dependÛncia por reduzir a sensaþÒo de fadiga.
A cafeÝna Ú um composto orgÔnico do grupo dos alcal¾ides, substÔncias que tÛm efeitos fisiol¾gicos marcantes e que se encontram em certas plantas jß consumidas como estimulantes pelos antigos. A cafeÝna apresenta-se sob a forma de um p¾ branco ou pequenas agulhas, que derretem a 238o C e sublimam a 178o C, em condiþ§es normais de temperatura e pressÒo. ╔ extremamente sol·vel em ßgua quente, nÒo tem cheiro e apresenta sabor amargo.
Uma xÝcara mÚdia de cafÚ contÚm, em mÚdia, cem miligramas de cafeÝna. Jß numa xÝcara de chß ou um copo de alguns refrigerantes encontram-se quarenta miligramas da substÔncia. A cafeÝna estimula o sistema nervoso central, o coraþÒo, vasos sang³Ýneos e os rins. Sua rßpida aþÒo estimulante faz dela poderoso antÝdoto Ó depressÒo respirat¾ria em conseq³Ûncia de intoxicaþÒo por drogas como morfina e barbit·ricos. A ingestÒo excessiva pode provocar, em algumas pessoas, efeitos negativos como irritabilidade, ansiedade, agitaþÒo, dor de cabeþa e ins¶nia.

Veja também: