Briozoários - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Briozoários


  Taxonomia
Muitas espécies de briozoários fósseis tiveram duração curta, mas distribuição geográfica ampla, o que os torna úteis para a correlação entre camadas geológicas.
Briozoários são diminutos animais aquáticos, em geral marinhos, que formam colônias presas a diferentes suportes em águas rasas. Ocorrem desde o período ordoviciano até o presente. Seus exoesqueletos ajudaram a formar rochas calcárias. Cada indivíduo apresenta um órgão retrátil captador de alimento, o lofóforo, dobra circular ou em ferradura, que rodeia a boca. O tubo digestivo é completo, embora o ânus se abra fora do lofóforo. Movendo-se na água, os tentáculos ciliados do lofóforo fazem o plâncton convergir para a boca.
Os indivíduos agregados em colônia distinguem-se enquanto tipos formais. O mais comum, chamado zoóide, consta de uma parte viva, o polipídio, envolvida por uma carapaça, o zoécio, em geral resultante do acúmulo de carbonato de cálcio. Uma abertura possibilita a saída do lofóforo, que às vezes tem uma tampa que se fecha quando a ação do músculo retrator faz esse órgão recolher-se. Todos os briozoários de água doce e a maioria dos marinhos são hermafroditas. Pode ocorrer a produção simultânea de óvulos e espermatozóides, mas é comum a tendência à protandria (espermatozóides primeiro).

Veja também: