Bernardo Bertolucci - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Bernardo Bertolucci


  Biografias
Em 1972, Bernardo Bertolucci, para quem "a melhor escola de cinema é ver filmes", tornou-se uma das mais discutidas figuras do cinema mundial por ocasião da estréia de seu O último tango em Paris, cujas cenas eróticas causaram polêmica.
Bernardo Bertolucci nasceu na cidade italiana de Parma, em 16 de março de 1940. Desde muito jovem escreveu poesia e logo começou a fazer os primeiros trabalhos cinematográficos como assistente do diretor Pier Paolo Pasolini, com quem colaborou em Accattone (1961). No ano seguinte fez La commare secca (A ceifadeira implacável), com roteiro do próprio Pasolini. A originalidade de sua concepção cinematográfica manifestou-se em obras posteriores: Prima della rivoluzione (1964; Antes da revolução), baseado em A cartuxa de Parma, de Stendhal, La strategia del ragno (1970; Estratégia da aranha) ou Il conformista (1970; O conformista), mas sua fama foi obtida com Last Tango in Paris (1972; O último tango em Paris), história de amor e morte narrada a partir do encontro casual, num apartamento vazio, de um homem maduro e uma jovem. Novecento, de 1976, constitui um grande afresco em torno da história da Itália no começo do século.
Em todos esses filmes, Bertolucci desenvolveu uma linguagem de penetração psicológica, panorama histórico, militância política esquerdista e culto à beleza formal em doses muito variáveis, com um estilo cinematográfico próprio. Talvez por isso, sem que o pretendesse, tornou-se um autor marcado pela polêmica. Depois de vários anos de reflexão, em 1979 realizou La luna, centrado nas ambíguas relações de uma cantora de ópera com seu filho. A reviravolta de La tragedia di un uomo ridicolo (1981), análise da violência política em seu país, foi mais uma mostra da diversidade de seus interesses. Em 1988, Bertolucci ganhou nove Oscars com The Last Emperor (1987; O último imperador), sobre a vida do imperador chinês Pu Yi. A incomunicação numa relação afetiva foi o tema da produção anglo-italiana The Sheltering Sky (1990; O céu que nos protege).
c levi

Veja também: