Batata - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Batata


  Botânica
Nativa dos Andes e de ilhas chilenas, a batata já era cultivada no Peru, Bolívia e Equador antes de ser conhecida pelos conquistadores espanhóis. Introduzida na Europa no século XVI, tornou-se base da alimentação em muitos países, como a Irlanda, devido a sua resistência quando armazenada no inverno.
A batata (Solanum tuberosum), conhecida também como batata-inglesa, é uma planta herbácea da família das solanáceas, a mesma do tabaco, do pimentão e do tomate. Sua altura máxima oscila em torno de um metro. As folhas são compostas, integradas por três ou quatro pares de folíolos, e as flores, reunidas em cachos, podem ser brancas, roxas ou lilases.
Os tubérculos comestíveis são formados por extensões subterrâneas do caule, mantendo-se ligados ao todo por cordões chamados estolhos. Na superfície dos tubérculos, que constituem uma reserva alimentar para a própria planta, notam-se as depressões ou olhos dos quais se originarão novos brotos. Tais tubérculos estão entre os mais importantes alimentos produtores de amido. Contêm 20,4% de carboidratos, 1,2% de proteínas, 0,1% de gorduras, 1,2% de cinzas e 75% de água, sendo ainda boas fontes de vitamina C. Parte expressiva da produção de tubérculos destina-se à extração de fécula, álcool e outros subprodutos, em instalações industriais.
A generalização do cultivo da batata no mundo deve-se sobretudo a seu alto rendimento e a sua capacidade de adaptação. A planta vegeta, sem maiores problemas, num amplo espectro de climas. A multiplicação é viável por meio das sementes (reprodução sexuada), embora se faça normalmente a partir dos tubérculos (reprodução vegetativa ou assexuada). A reprodução sexuada gera maior variabilidade e permite seleção e cruzamentos, tornando assim mais fácil a obtenção de novos cultivares. Mediante a polinização artificial das flores, conseguem-se combinações de caracteres às vezes surpreendentes, o que nunca acontece com a reprodução vegetativa.
Além de cultivares ou variedades de procedência estrangeira, como as batatas bintje, delta A e patrones, plantam-se no Brasil também variedades apuradas para as próprias condições que prevalecem nas regiões de cultivo. É o caso das variedades baronesa, santo amor e piratini, criadas no Rio Grande do Sul, e de variedades paulistas como a IAC-Araci, desenvolvida pelo Instituto Agronômico de Campinas.
-now.com >wher

Veja também: