As Sacolinhas plásticas - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

As Sacolinhas plásticas


  Meio Ambiente

Constantemente vamos às compras e voltamos para casa não só com as mercadorias, mas com diversas sacolinhas plásticas que posteriormente são utilizadas para os mais diversos fins, para jogar lixo na rua, transportar objetos, entre outros.

No entanto, com o desgaste que o planeta vem sofrendo ao longo dos anos, muito se tem pensado em relação a atitudes que amenizem os efeitos que a terra tem sofrido por algumas atitudes que a raça humana tem tido.

Pensando em atitudes que possam diminuir a poluição é que no ano de 2012 mais de 60% das capitais brasileiras passaram a proibir o uso de sacolas plásticas nos supermercados e em outros estabelecimentos. No entanto, isso não garantiu que a lei realmente fosse colocada em prática, já que em diversas cidades ações na justiça foram movidas para que a lei não entrasse em vigor.

A questão é que, no calor da discussão, alguns estudiosos dizem que a proibição das sacolas plásticas não garante grandes mudanças, já que a maior parte do lixo nos aterros é composta de materiais orgânicos. Além disso, de nada adianta abolir o uso das sacolinhas, se as pessoas continuarem cosumindo desenfreadamente, desperdiçando recursos naturais, jogando lixos em locais impróprios, entre outras atitudes inadequadas.

Então, diante da polêmica em relação ao uso das sacolas plásticas, a justiça de alguns estados suspendeu a lei que proibia a distribuição do produto. No estado de São Paulo, por exemplo, a lei foi suspensa.Portanto, a tentativa de retirar as sacolas plásticas não funcionou em todo o país, o que provavelmente prova que a solução para mudar as condições de nosso planeta depende de atitudes bem maiores.

O Plástico é o Vilão?

Acompanhando um artigo publicado no site lukaflex (www.lukaflex.com.br) podemos encontrar informações muito importantes a respeito do uso do plástico.

Primeiramente, recebemos a informação de que cerca de 3% a 5% de cada barril de petróleo é utilizado na produção de plástico, mas se isso não ocorresse, a fração mencionada anteriormente seria desperdiçada em uma queima de gases que danificaria ainda mais o meio ambiente.

Outro fato importante, dentre tantos abordados, é que a sacola plástica apesar de ser leve, é capaz de transportar 1500 vezes o seu peso. Além disso, o uso das embalagens é essencial, já que mesmo que elas existam, 30% dos alimentos produzidos mundialmente são perdidos por serem armazenados inadequadamente.

Em contrapartida, sabemos que mesmo com tantas vantagens, o descarte inadequado das sacolas plásticas pode poluir rios e mares, entupir esgotos e causar enchente, servir de criadouro para mosquitos, entre outros problemas. Além disso, o consumo exagerado das sacolas aumenta o uso dos recursos naturais, além de que o plástico demora séculos para entrar em decomposição.

Portanto, existem prós e contras em relação ao uso das sacolas plásticas, por isso independente das decisões de nossos superiores, cabe a nós cidadão de bem agir com bom senso, pois a nossa qualidade de vida está diretamente ligada as condições nas quais colocamos nosso planeta.

Pesquisa Aponta Que o Algodão e o Papel Poluem Mais do Que as Sacolas Plásticas
De acordo com uma pesquisa encomendada pelo governo inglês, os sacos plásticos são menos prejudiciais ao meio ambiente do que acreditamos. Na realidade, é provável que eles causem até 200 vezes menos prejuízos do que as sacolas retornáveis confeccionadas a partir do algodão. Além disso, as sacolas de algodão teriam que ser utilizadas cerca de 171 vezes para que emitissem um nível de CO2 semelhante a versão de plástica utilizada um única vez. Portanto, nem sempre substituir a versão de plástica pela opção mencionada é a saída, talvez a única alternativa eficaz esteja no uso racional de qualquer produto derivado de recursos naturais.

É Possível Viver Sem as Sacolas Plásticas?

Pensando na possibilidade de não termos mais acesso as sacolas plásticas, fica até difícil imaginar algumas situações, não é verdade? Que elas fariam falta inicialmente não há como negar, mas se anteriormente elas não existiam, se as sacolas plásticas forem tiradas de vez de nossas vidas teremos que buscar alternativas que tenham a mesma função que elas tinham.

Utilizar sacolas confeccionadas com garrafa pet, usar caixas de papelão para transportar mercadorias, forrar os cestos de lixo com jornal, seriam algumas medidas que poderiam ser tomadas para facilitar e substituir as versáteis sacolas plásticas.

Lugares Que Proibiram o Uso das Sacolas Plásticas

Tanto é possível viver muito bem sem as sacolas plásticas que alguns lugares já proibiram de vez a distribuição desse tipo de produto. O site www.ecodesenvolvimento.org.br publicou uma lista feita pela revista Exame em que 12 lugares aparecem na lista dos que proibiram ou passaram a cobrar pelo uso de sacolas plásticas. Os lugares em questão são:

Ruanda
Itália
Cidade do México
Índia
China
Bangladesh
Irlanda
Austrália
Alemanha
África do Sul
São Francisco
Washington D. C

Cidadãos Conscientes

A polêmica sobre o assunto parece não ter fim, mas talvez banir totalmente o uso de sacolas plásticas não seria a melhor saída para preservar nosso planeta, afinal ainda há tanto a fazer. Talvez a proibição gere ainda mais revolta entre a população, que se vê sem saída e ainda não tem benefício “nenhum” por não levar as versáteis sacolas plásticas para casa.
O que na verdade precisamos é de uma conscientização, afinal se todos tivessem mais conhecimento sobre como as razões pelas quais devemos proteger o meio ambiente, talvez o planeta não estivesse gritando por socorro. Mas como esperar melhorias imediatas nesse aspecto seria uma utopia, cabe a nós buscar instruções e tentar respeitar o nosso espaço, afinal tudo o que fazemos de negativo, acaba voltando para nós mesmos e para as futuras gerações.

Parece que o assunto é polêmico demais e esta longe de ser resolvido, não é verdade? No entanto, esperamos que ao longo dos anos os cidadãos possam ser conscientizados de forma mais incisiva sobre a importância de atitudes positivas imediatas em prol do planeta.

Para finalizar, gostaríamos de ter a sua opinião registrada ao final de nosso post, caro internauta, pois certamente suas ideias poderão ser compartilhadas com outros leitores e poderão influenciar todos que tiverem acesso.


Veja também: