Areia - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Areia


  Geologia

A areia, uma das matÚrias mais comuns na superfÝcie dos continentes, ocorre nas dunas, nas praias e nos dep¾sitos de rios, freq³entemente mascarada pela vegetaþÒo e pela argila.

Areia Ú um sedimento constituÝdo principalmente de grÔnulos de quartzo (SiO2 = ¾xido de silÝcio), de dimens§es compreendidas entre 2 e 0,0625mm, originados, na maioria das vezes, da decomposiþÒo e desintegraþÒo de rochas portadoras desse material, como os granitos, arenitos e quartzitos, entre outros.

AlÚm de quartzo, sÒo freq³entes areias ricas de grÔnulos de feldspato, mica, zircÒo, magnetita, ilmenita, monazita, hiperstÛnio, granada, cassiterita, ouro, platina, turmalina, rutilo etc., quase todos minerais de grande estabilidade quÝmica e resistÛncia fÝsica.

GrÔnulos de natureza calcßria, ¾xidos de ferro diversos e mesmo vidros vulcÔnicos sÒo muitas vezes os constituintes dominantes das areias de certas localidades. As areias verdes, encontradas em profusÒo no fundo dos oceanos e em antigas rochas sedimentares, devem sua cor Ó presenþa do mineral verde glauconita, composto natural em cuja composiþÒo quÝmica entra o potßssio.

Os grÒos de areia sÒo transportados pelos cursos de ßgua ou pelo vento atÚ o local de deposiþÒo. O transporte pelas ßguas em regi§es montanhosas pode ocorrer rapidamente se as partÝculas forem carregadas em suspensÒo; isso, porÚm, nÒo acontece normalmente: a areia Ú em geral levada por rolamento no leito dos rios.

Um rio de dimens§es mÚdias precisaria mais ou menos de um milhÒo de anos para conduzir seus dep¾sitos arenosos a uma distÔncia de cerca de 160km em direþÒo Ó foz, uma vez que o transporte nÒo Ú contÝnuo, mas intermitente, e muitos anos podem se passar atÚ que sobrevenha um novo transporte de grÒos acumulados em partes protegidas de um matacÒo.


UtilizaþÒo

Quando isentas de impurezas e constituÝdas exclusivamente de grÔnulos de quartzo, as areias sÒo usadas em quantidades substanciais, como fonte de sÝlica, nas ind·strias de cerÔmica, de vidros e de silicatos. Para tais fins, sÒo necessßrios trabalhos preparat¾rios, como secagem, peneiraþÒo e classificaþÒo. Como o quartzo Ú um mineral de dureza relativamente alta e pobre de clivagem, as areias sÒo amplamente usadas na ind·stria de abrasivos.

Areias sÒo empregadas ainda na preparaþÒo do concreto, para moldes de metais em estado de fusÒo, bem como para a fabricaþÒo de tijolos refratßrios e de esmeril (SiC = carboneto de silÝcio), obtido atravÚs da combinaþÒo da areia de quartzo puro e carvÒo. Areias de dimens§es selecionadas podem ser utilizadas em maþaricos especiais para fins de corrosÒo sobre superfÝcies de materiais diversos. ╔ por esse processo que se limpam peþas de fundiþÒo ou superfÝcies oxidadas e se removem pinturas velhas.

O mesmo processo Ú usado, ainda, na limpeza de fachadas de prÚdios recobertos de pedras e ladrilhos e na gravaþÒo de inscriþ§es em estßtuas e monumentos. Areias sÒo utilizadas na filtragem de ßgua para uso domÚstico e industrial.
AlÚm disso, camadas de areia intercaladas em outras rochas (por exemplo, argilas) constituem ¾timos reservat¾rios de ßgua.


Veja também: