Antônio Egas Moniz - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Antônio Egas Moniz


  Biografias

A criaþÒo da lobotomia, operaþÒo cerebral indicada em certas psicoses, valeu a Egas Moniz o PrÛmio Nobel de medicina de 1949.
Ant¶nio Caetano de Abreu Freire Egas Moniz nasceu em Avanþa, Portugal, em 29 de novembro de 1874, e formou-se em medicina pela Universidade de Coimbra. Primeiro professor de neurologia da Universidade de Lisboa, funþÒo que ocupou de 1911 a 1944, ali desenvolveu a arteriografia, que torna visÝvel os vasos sanguÝneos do cÚrebro pela injeþÒo de substÔncia opaca aos raios X e facilita o diagn¾stico de doenþas intracranianas.
Em seus estudos acadÛmicos, observou que certas psicoses, como a esquizofrenia degenerativa e a paran¾ia grave, determinam modelos recorrentes de pensamento que dominam o processo psicol¾gico normal. Prop¶s entÒo seccionar as fibras nervosas entre os l¾bulos prÚ-frontais, intimamente associados Ós respostas psicol¾gicas, e o tßlamo, centro coordenador de impulsos sens¾rios, a fim de transformar os modelos mentais dominantes em outros mais normais. Em 1936, realizou a primeira lobotomia, que ressaltou ser processo radical, indicado somente na impossibilidade de outras formas de tratamento, devido a graves efeitos colaterais. Pouco empregada desde a introduþÒo dos tranq³ilizantes, a operaþÒo permitiu maior conhecimento das funþ§es cerebrais.
Egas Moniz foi deputado em vßrias legislaturas, entre 1903 e 1917, embaixador em Madri, chefe da delegaþÒo portuguesa Ó ConferÛncia de Paz de Paris (1918-1919) e ministro do Exterior. Escreveu numerosas obras de medicina e de temas diversos ligados Ó hist¾ria e Ó arte. Morreu em Lisboa, em 13 de dezembro de 1955.

 

Veja também: