Amianto - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



176 Slides Power Point grátis

Só baixar, editar e começar a usar.

Amianto


  Bioquímica
A grande resistência exibida pelas variedades fibrosas do amianto torna esse material muito adequado para a confecção de revestimentos protetores contra o fogo e substâncias ácidas.
O amianto, também chamado asbesto, é constituído por diversos minerais fibrosos pertencentes ao grupo dos silicatos. Sua estrutura permite a obtenção de fibras de comprimento e espessura variáveis, cujas propriedades físicas -- flexibilidade, resistência ao calor e a ataques ácidos, bem como elevada capacidade de isolamento térmico e elétrico -- as tornam aplicáveis em diversas situações.
O maior produtor de fibras de amianto no estado bruto é o Canadá, sendo os Estados Unidos o principal fornecedor de artigos manufaturados a partir desse mineral. A variedade de amianto mais produzida no Brasil é a crisotila e sua exploração comercial começou a ter expressão depois de 1950. A quase totalidade da produção brasileira provém do estado de Goiás.
O amianto é empregado principalmente como matéria-prima na fabricação de tecidos incombustíveis e isolantes, como componente de materiais isolantes usados na construção civil. Entre esses últimos inclui-se o fibrocimento, material em que as fibras de amianto emprestam ao cimento considerável resistência à tração e à flexão, sendo por isso utilizado na fabricação de canalizações submetidas a pressões elevadas.
O uso de fibras de amianto, entretanto, vem experimentando uma queda significativa desde a década de 1960, quando estudos confirmaram os efeitos cancerígenos desse material, principalmente no aparelho respiratório.

Veja também: