Açafrão - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Açafrão


  Botânica
A flor do aþafrÒo, cujos estigmas sÒo usados desde a antiguidade na fabricaþÒo de perfumes, tinturas e condimentos, constituiu importante fonte de riqueza durante a Idade MÚdia.
AþafrÒo (Crocus sativus) Ú uma planta herbßcea da famÝlia das iridßceas. De seu bulbo __ talo subterrÔneo no qual se acumulam ¾leos e substÔncias nutritivas __ nascem diretamente as flores de pÚtalas violßceas, cuja parte inferior tem forma de funil. Os estigmas sÒo pequenos filamentos que comp§em o pistilo, ou ¾rgÒo reprodutor feminino. De coloraþÒo avermelhada, aparecem na proporþÒo de trÛs para cada flor. Essa Ú a parte da planta que se utiliza como especiaria.
De origem oriental, a planta era utilizada como matÚria-prima de perfumes na antiga GrÚcia e na Roma imperial. Seu cultivo foi introduzido na Espanha no sÚculo X, de onde migrou para os demais paÝses mediterrÔneos.
Para que o cultivo do aþafrÒo se dÛ em condiþ§es satisfat¾rias, o solo deve ser poroso e bem ventilado e a temperatura, amena. A coleta das flores se realiza no outono, ocasiÒo em que os estigmas sÒo separados e torrados. A obtenþÒo de meio quilo de aþafrÒo demanda setenta mil a oitenta mil flores, o que determina seu alto custo. O plantio do aþafrÒo Ú generalizado na Espanha, Franþa, Itßlia e IrÒ.

Veja também: