A Síntese de Proteínas - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



A Síntese de Proteínas


  Genética

1. A Fßbrica em Funcionamento

A molÚcula de RNA mensageiro, produzida no n·cleo transcrevendo a seq³Ûncia de nucleotÝdeos de um filamento de DNA, dirige-se para o citoplasma. Jß dissemos, anteriormente, que, na molÚcula de RNA mensageiro, cada seq³Ûncia de trÛs nucleotÝdeos codifica um aminoßcido. No DNA, cada trinca de nucleotÝdeos se chama triplete. Na molÚcula de RNA mensageiro, cada trinca Ú um c¾don. Dessa forma, uma proteÝna formada por 100 aminoßcidos tem a sua produþÒo comandada por uma molÚcula de RNA mensageiro com 300 nucleotÝdeos, ou seja, 100 c¾dons.

No citoplasma, um ribossomo se liga no inÝcio da molÚcula do RNA mensageiro, dando inÝcio Ó traduþÒo. Os ribossomos deslocam-se ao longo do filamento de RNA mensageiro como um trem andando sobre o trilho. A cada seq³Ûncia de trÛs nucleotÝdeos (um c¾don, portanto), uma molÚcula de RNA transportador, carregando um aminoßcido, liga-se momentaneamente ao c¾don. A ligaþÒo acontece porque o RNA transportador possui, na extremidade oposta Óquela que se liga ao aminoßcido, uma seq³Ûncia de trÛs nucleotÝdeos complementares ao c¾don. Essa seq³Ûncia Ú o antic¾don.

No exemplo mostrado no desenho ao lado, quando o c¾don AUC Ú traduzido pelo ribossomo, o RNA transportador com o antic¾don UAG se liga ao c¾don, trazendo o aminoßcido correspondente (no caso, o aminoßcido isoleucina).

Depois da leitura do primeiro c¾don, o ribossomo se desloca no filamento de RNA mensageiro e processa a leitura do segundo c¾don. Um outro RNA transportador se liga a esse c¾don, trazendo mais um aminoßcido.

Por aþÒo da enzima peptidil-transferase, presente no ribossomo, os aminoßcidos recÚm-chegados vÒo se ligando aos que jß estavam juntos do ribossomo, atravÚs de ligaþ§es peptÝdicas.

└ medida que os c¾dons vÒo sendo percorridos pelo ribossomo e traduzidos, outros aminoßcidos vÒo se ligando, atÚ formar a proteÝna inteira. Como vßrios ribossomos podem se deslocar simultaneamente pela mesma molÚcula de RNA mensageiro, vßrias molÚculas de proteÝnas sÒo produzidas ao mesmo tempo. A seq³Ûncia na qual os aminoßcidos se ligam uns aos outros reflete fielmente a seq³Ûncia de nucleotÝdeos da molÚcula de RNA mensageiro e, por conseguinte, a seq³Ûncia de nucleotÝdeos do DNA.

Todos os ribossomos alinhados estÒo "lendo" a mesma receita, e o resultado sÒo molÚculas de proteÝnas extamente iguais.

Cada aminoßcido tem, pelo menos, um RNA transportador correspondente e especÝfico. Como existem 20 aminoßcidos, deve haver pelo menos 20 molÚculas de RNA transportador diferentes.

A entrada dos ribossomos no filamento de RNA mensageiro acontece sempre pela mesma extremidade, impedindo que as informaþ§es sejam lidas de trßs para frente ou pela metade.

Concluindo, chamamos de traduþÒo ao processo de produþÒo de uma proteÝna pelo ribossomo, com base na informaþÒo codificada em uma molÚcula de RNA mensageiro.


Veja também: