Jenipapo - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Jenipapo


 Frutas Comestiveis

Os índios brasileiros sempre utilizaram o jenipapo, como o urucu, para pintar cerimonialmente o corpo. Pinturas com sua tinta, já descritas por Hans Staden, tornaram-se também de praxe em utensílios de cerâmica e em objetos rituais de várias tribos.
Jenipapo é o fruto do jenipapeiro (Genipa americana), árvore frondosa, de copa arredondada e elegante, com até 14m de altura e sessenta centímetros de diâmetro, pertencente à família das rubiáceas, a mesma do café e da quina. Nativa das Américas Central e do Sul, é comum no México e nas Antilhas. No Brasil ocorre, em estado espontâneo, da ilha de Marajó ao estado de São Paulo.
As folhas do jenipapeiro, grandes, podem medir até 35cm de comprimento. As flores, hermafroditas, brancas ou amareladas, desprendem perfume suave. A madeira, de fibras retas, extremamente flexível e durável, é fácil de ser trabalhada. O fruto, em baga, de polpa aromática e casca terrosa, enrugada e mole, chega a dez centímetros de comprimento por sete de diâmetro. Quando bem maduro, está no ponto de ser comido: é ácido, de cheiro forte e sabor inconfundível. São-lhe atribuídas propriedades medicinais contra a anemia e as doenças do fígado e do baço. Utilizado em compotas, fornece um vinho, por fermentação, e o famoso licor de jenipapo, tradicional no interior do Brasil.