Estrela-do-mar - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Estrela-do-mar


 Invertebrados

De aparência pacífica e inofensiva, a estrela-do-mar é, no entanto, voraz e predadora. Representa uma verdadeira praga nos viveiros de ostras e moluscos.
Estrela-do-mar é um animal invertebrado do filo dos equinodermos, que se caracterizam pelo esqueleto calcário sob a pele. Em geral têm forma pentagonal e os braços podem ser mais ou menos grossos e longos. O corpo da estrela se compõe de um disco central, dotado de uma boca na região inferior, e cinco braços. O número de braços varia de família para família e pode chegar a 25. O esqueleto apresenta formações como os espinhos, ou saliências, e pequenas pinças, as pedicelárias. Possui grande poder de regeneração: apenas um dos braços, destacado do animal, pode voltar a formar o organismo completo.
Como todos os equinodermos, a estrela-do-mar dispõe de um sistema ambulacral que utiliza para locomoção, formado por um conjunto de canais e pedículos (os pés ambulacrários), cheios d"água, que se dilatam e se retraem. No interior de cada braço há um par de gônadas, ou órgãos reprodutores. Algumas espécies são hermafroditas. As estrelas-do-mar se alimentam de moluscos, celenterados e outros equinodermos. Para abrir a concha da ostra, aplica uma força extraordinária: faz aderir as ventosas ambulacrárias às conchas, que puxa para lados opostos, até vencer a resistência do músculo que as mantinha fechadas.
Existem atualmente cerca de 1.800 espécies de estrelas-do-mar, agrupadas em vários gêneros, dos quais os mais comuns são o Acanthaster, que se caracteriza pelos longos espinhos; o Solaster, com numerosos braços; e o Asterias, que agrupa algumas espécies cosmopolitas. Encontram-se em todos os oceanos e mares, em maior variedade no norte do Pacífico.
the-real-via