Castanha - BioMania Castanha - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Castanha


 Botânica

Típica do hemisfério norte, a castanha se consome tradicionalmente nas festas natalinas, como as nozes, avelãs e amêndoas, mesmo em países de clima tropical como o Brasil.
Castanha é o fruto do castanheiro (Castanea sativa), árvore frondosa da família das fagáceas, a mesma da faia e do carvalho. Cresce em média trinta metros e o tronco atinge considerável grossura. As folhas, caducas, são lanceoladas e denteadas nas bordas, medindo cerca de vinte centímetros de comprimento, e as flores têm aparência pouco vistosa. Os frutos surgem em grupos de dois ou três e permanecem envoltos em conjunto por uma cúpula verde rodeada de espinhos. Possuem alto teor de carboidratos e certa proporção de proteínas e gorduras. A polpa, branca, farinhenta e de sabor muito agradável, está encerrada numa casca delgada e coriácea, de coloração marrom brilhante.
O castanheiro nasce de preferência em solos silicosos, graníticos, ácidos, ricos em potássio e em fósforo. É comum nas zonas temperadas da Europa (costas mediterrâneas até o mar Negro) e do norte da África. A madeira, dura, adequada à fabricação de móveis, tonéis, soalhos e outras obras de marcenaria, contém de 4 a 13% de tanino, substância também presente no carvalho e usada para curtir o couro.
Introduzido no Brasil desde as primeiras décadas do século XX, o castanheiro adaptou-se de modo satisfatório ao clima da região Sul. É encontrado com relativa freqüência, e cresce com rapidez, entre São Paulo e Rio Grande do Sul.