Camarão - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Camarão


 Artrópodes

As diversas espécies de crustáceos conhecidos como camarões abundam nas regiões litorâneas dos oceanos Atlântico e Pacífico.
Camarão é uma variedade de crustáceo decápode macruro, pertencente às famílias dos peneídeos (marinhos) e palemonídeos (fluviais). Todos são invertebrados artrópodes (com apêndices articulados compostos por segmentos). Sua classe, a dos crustáceos, também inclui caranguejos e lagostas.
O corpo dos camarões é coberto por uma carapaça impregnada de sais cálcicos e divide-se em três regiões: o cefalotórax, na parte anterior; o abdome, onde se inserem os apêndices locomotores ou patas, em número de dez; e o telso, na parte posterior. Os camarões possuem antenas longas e finas, bem como um conjunto de apêndices bucais utilizados na alimentação. Nadam para a frente mas, quando amedrontados, movem-se rapidamente para trás.
Sua área de distribuição compreende o oceano Atlântico, o mar Mediterrâneo, regiões delimitadas do oceano Pacífico, as plataformas continentais, os leitos lamacentos dos riachos, rios e lagoas, assim como os alagados deixados pelas marés. Algumas espécies constituem um elo importante na cadeia alimentar do mar, pois são a base da nutrição dos grandes mamíferos marinhos -- baleias, cachalotes -- e de numerosos peixes.
Os camarões comuns atingem cerca de vinte centímetros de comprimento, mas a maioria das espécies é de pequeno tamanho e algumas, microscópicas. Entre os diferentes tipos destacam-se o camarão-rosa (Penaeus brasiliensis), camarão-sete-barbas (P. kroyeri), o camarão-branco e o camarão-verdadeiro ou camarão-lixo (Xiphopenaeus schmitti). Os camarões de água doce chamam-se pitus.