Berne - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Berne


 Artrópodes

A larva do berne causa grandes prejuízos aos criadores de gado, diminuindo a produção de leite e de carne e danificando o couro.
Berne é nome vulgar de várias larvas de moscas que parasitam a pele do homem e de outros animais, provocando inchações ou feridas. No Brasil, a mais comum dessas moscas é Dermatobia hominis, díptero da família dos cuterebrídeos.
A fêmea adulta de D. hominis deposita seus ovos num inseto intermediário e é este que leva as larvas até o hospedeiro no qual se desenvolvem. Fixados com uma espécie de adesivo no abdome do inseto vetor, os ovos começam a fornecer larvas seis dias após a postura. Quando o vetor pousa sobre um vertebrado de sangue quente, as larvas abandonam os ovos e passam para a pele do animal, na qual penetram em poucos minutos.
A evolução sob a pele do hospedeiro dura de 35 a 41 dias: a larva mantém os estigmas voltados para fora, a fim de poder respirar. No último estágio larvar, o berne deixa o animal parasitado, cai no solo e enterra-se para a transformação em pupa, da qual depois nasce o adulto. O processo completo, do ovo à morte do adulto, dura de 120 a 141 dias.