Beribéri - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Beribéri


 Patologias

Doença de origem nutricional, o beribéri (no idioma cingalês, "extrema fraqueza") caracteriza-se por transtornos neurológicos e cardíacos.
Os sintomas gerais da moléstia -- causada pela carência de vitamina B1 ou tiamina -- incluem perda de apetite, irregularidades digestivas e sensação de rigidez e dormência nas extremidades. Na forma conhecida como beribéri seco há uma degeneração gradual dos nervos longos, primeiro das pernas e a seguir dos braços, concomitante com atrofia muscular e a perda de reflexos. No beribéri úmido, forma mais aguda da doença, ocorrem edemas nos tecidos, devido a deficiência cardíaca e má circulação sangüínea. Crianças amamentadas por mães carentes de tiamina são logo atingidas pelo colapso das funções cardíacas.
Tanto crianças quanto adultos costumam responder prontamente à administração de tiamina, mas nos casos em que já tenha havido comprometimento neurológico a eficiência dessa terapia é bem mais lenta. Nas situações mais graves, as lesões nas células nervosas costumam ser irreversíveis.
Embora presente nos cereais, a vitamina B1 pode ser perdida no processo de polimento dos grãos. Em certos países do Extremo Oriente, nos quais o arroz polido é a base alimentar, há relatos de casos de beribéri há mais de um milênio. A incidência da doença na Ásia decresceu com uma dieta mais variada, e também pela gradual difusão do arroz semi-integral.