Anu - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Anu


 Taxonomia

Com vôos curtos e lerdos, efetuados por norma em grandes bandos, os anus se incluem entre as aves mais comumente vistas no Brasil em pastos, à beira das estradas, em campos abertos e nas áreas desmatadas para a implantação de lavouras.
Todas as espécies de anu, classificadas na família dos cuculídeos, possuem corpo esbelto e cauda muito alongada, distinguindo-se por sua habilidade em pular nas galhadas e correr pelo chão. Os indivíduos dos dois sexos, nas várias espécies, são semelhantes.
O anu-preto (Crotophaga ani), cuja área de dispersão se estende da Flórida à Argentina, ocorre em todo o Brasil. Possui mais de uma dúzia de vozes diferentes e tem dois pios de alarme. Os integrantes de um bando, ao ouvi-los, ora se empoleiram em pontos resguardados, ora se escondem sob o mato à suspeição de um perigo. Essa espécie tem o corpo uniformemente preto e o bico sempre muito alto. Mede, em média, 36cm.
O anu-branco (Guira guira), de 38cm, é branco-amarelado, com o bico cor de laranja e uma faixa preta na cauda, tendo as penas do alto da cabeça constantemente eriçadas. Do sudeste do Amapá e do estuário amazônico, dispersa-se pelas várias regiões do país até alcançar a Bolívia, Argentina e Uruguai. Recebe ainda, no Brasil, nomes regionais como gralha, anu-galego, quiriru e piririguá.
O anu-coroca ou anu-peixe (Crotophaga major), de 46cm, tende a um tom entre o verde e o azul na plumagem e emite em coro seus cantos. Faz ninhos individuais ou coletivos, estes às vezes com vinte ovos ou mais. Dispersando-se do Panamá à Argentina, ocorre em todo o Brasil e prefere os lugares alagados, pântanos e manguezais.
t:-5460px;}