Alce - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Alce


 Taxonomia

As cercanias dos inúmeros lagos da taiga, nas latitudes mais elevadas do hemisfério norte, são o habitat do alce, o maior dos cervídeos.
O alce (Alces alces) é um mamífero artiodáctilo (as patas acabam em um número par de dedos) do grupo dos ruminantes. Pode alcançar mais de dois metros de altura, com peso, nos indivíduos adultos, de 500 a 600kg. Os chifres, formados por duas largas palmas, cujas bordas acabam em pontas múltiplas, só aparecem nos machos. Caem no inverno e brotam de novo na primavera, no princípio cobertas por uma delicada película veludosa que se desprende paulatinamente. De pele parda, os alces têm focinho largo e arredondado e a cauda muito curta. Na América do Norte, vivem do Alasca até o norte dos Estados Unidos; na Europa e Ásia, da Escandinávia à Sibéria.
No verão alimentam-se de plantas aquáticas e das folhas caídas de árvores como os álamos, bétulas, salgueiros etc. Quando os lagos congelam, buscam as folhas das coníferas e a casca das árvores, que arrancam em tiras. Em alguns parques nacionais a população de alces, excessivamente densa, ameaça a vegetação.
Com a chegada do outono, os alces entram no cio; nessa época podem-se ouvir os poderosos mugidos dos machos na floresta. Quando dois machos competem por uma mesma fêmea, desencadeiam-se acirrados combates, nos quais os contendores se atacam com os chifres e os cascos. No verão, os machos vagam solitários, enquanto as fêmeas se deslocam acompanhadas de suas crias. Após uma gestação de oito a nove meses, nascem de uma a três crias. Pela qualidade de sua pele, o alce muitas vezes foi caçado de forma abusiva. Na Rússia, fizeram-se tentativas de domesticá-lo.