Abacaxi - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



Abacaxi


 Botânica

O abacaxi é um fruto-símbolo de regiões tropicais, de grande aceitação em todo o mundo, quer ao natural, quer industrializado: agrada aos olhos, ao paladar e ao olfato. Por essas razões e por ter uma coroa, foi chamado de "rei dos frutos" pelos pioneiros da colonização portuguesa.
Encontrado por Colombo em 1493, em Guadalupe, nas Pequenas Antilhas, o abacaxi já era cultivado pelos índios, antes do descobrimento. De ocorrência comum em toda a América tropical e subtropical, é originário, ao que parece, do sul do Brasil. O nome, derivado provavelmente do tupi ibacati ("fruta de cheiro forte"), designa tanto o fruto quanto a planta, que é monocotiledônea e pertence à família das bromeliáceas.
O pé de abacaxi é planta semiperene, que alcança um metro de altura. Primeiro produz um único fruto, situado no ápice; depois, com a ramificação lateral do talo, aparecem outros frutos, de modo que a fase produtiva pode prolongar-se por vários anos. Quando adulto, é constituído de raízes, talo (caule), folhas, frutos e mudas. O sistema radicular é superficial, ficando nos primeiros 15cm de solo a maior parte das raízes. O talo é curto e grosso. Nele se inserem as folhas, em formas de calha, formando uma densa espiral.
O abacaxi, na verdade, não é um fruto, mas uma infrutescência, ou seja, um conjunto de pequeníssimos frutos ou bagas que se desenvolvem em torno de um eixo ou miolo. Os abacaxizeiros cultivados pertencem à espécie Ananas comosus, que compreende muitas variedades hortícolas. A mais plantada atualmente no mundo é a cayenne ou smooth cayenne, que dá fruto de polpa amarelo-pálida ou amarela, rica em ácidos e açúcares, e tem as folhas quase desprovidas de espinhos. No Brasil, onde os tipos menos cultivados ou de categoria inferior são chamados de ananás, a principal variedade é a pernambuco ou pérola, que produz fruto de polpa amarelo-pálida, quase branca, de sabor bastante doce; as folhas têm as margens orladas de espinhos.
O cultivo racional do abacaxi, que é rico em vitaminas A, B1 e C, exige técnica e trato. A propagação é feita por mudas. A planta adapta-se a qualquer tipo de solo, desde que não sujeito a encharcamento; prefere, porém, solos leves, ricos em nutrientes e com pH entre 5,5 e 6,0. Entre os maiores produtores mundiais cabe destacar os Estados Unidos (Havaí), Tailândia, China, Brasil, México e Filipinas. No Brasil os principais estados produtores são Paraíba e Minas Gerais.