A Importância da Educação voltada para os Problemas Socioeconômicos e Ambientais - BioMania
O melhor portal biológico da internet!



A Importância da Educação voltada para os Problemas Socioeconômicos e Ambientais


 Meio Ambiente

A educação ambiental orienta-nos no sentido de se educar tendo a preocupação de preservar e proteger o meio ambiente. E na evolução da educação ambiental aqueles que educavam tiveram a percepção de que esta educação deveria estar voltada também para a preocupação com os problemas socioeconômicos.

Porque existe a impossibilidade de se educar uma pessoa para proteger a natureza quando ela está com fome ou quando a sua vida depende de uma ação mais emergencial.

A educação ambiental na atualidade visa obter resultados não somente na área que abrange a natureza exterior, mas também a natureza interior de ser humano.

Com esta atitude existe a preocupação também com o ser humano como pessoa, dentro do meio ambiente e com as condições favoráveis para um desenvolvimento completo e integrado com a natureza ambiental.

Neste sistema fala-se em realidade socioeconômica ambiental, porque se descobriu que o ser humano necessita que estes três pontos sejam desenvolvidos em parceria, igualitariamente, para que o desenvolvimento humano seja satisfatório.

Atualmente, parece claro que se o aspecto social e o econômico não estiverem bem, não é possível tratar de forma objetiva da preservação da natureza, pois o instinto de conservação presente também no ser humano impulsiona o indivíduo a resolver primeiro os aspectos de sua própria natureza, antes de se preocupar com o ambiente que o cerca.

Nesse sentido observamos que a educação para um meio ambiente equilibrado deve também abranger todos estes aspectos da realidade intrínseca do ser humano equilibrado.

Tendo em vista que para se educar é necessário que primeiro se resolva os problemas emergenciais do ser em questão, para depois pensarmos em resolver os problemas pertinentes à natureza.

E a educação ambiental voltada para este novo prisma de conceitos inovadores para o bem-estar do ser humano tem se mostrado bastante satisfatório na preservação da natureza.

Esta preocupação com o aspecto social e econômico dentro da educação ambiental tem feito com que a mente humana elabore mecanismos para atender ao aspecto social do ser humano aliado ao aspecto econômico, com o auxílio da natureza.

Analisando melhor a situação podemos perceber que a cada dia está sendo criada uma abordagem onde a natureza passe a ser o foco de desenvolvimento econômico, auxiliando por consequência o social.

Dessa forma, o cuidado com a natureza passa a ser fonte de renda para a melhoria do aspecto social.

Um exemplo desta abordagem é o sucesso do Projeto Tamar, que ajuda as tartarugas marinhas a se reproduzirem, protegendo o meio ambiente necessário à reprodução de variadas espécies em nossa costa brasileira, aliado a um trabalho social onde os trabalhadores são os próprios moradores ribeirinhos.

Este Projeto gera renda necessária ao aproveitamento dos moradores que antes viviam da exploração predatória destas mesmas tartarugas marinhas.

E vários outros exemplos temos visto que se utilizam da natureza para a geração de renda, atendendo ao aspecto social do ser humano.

Nessas iniciativas observamos a realização vinda da possibilidade de auxiliar a natureza e da certeza de estar fazendo a atitude correta em relação à natureza e ao modo de vida na população que trabalha nestes projetos, incentivando a tomada de decisão no sentido de unir a preocupação com a natureza aliado ao social e ao econômico.